Financiamento pra caminhão é reduzido pra menos da metade

Postado por Divelp
29 de outubro de 2015
ivc-exame-toxico

O governo federal alterou as condições dos financiamentos do PSI (Programa de Sustentação de Investimentos). O volume total de recursos disponíveis caiu de R$ 50 bilhões para R$ 19,8 bilhões. Além disso, ficou estabelecido o dia 30 de outubro como prazo final para que as operações sejam protocoladas, ainda que a contratação possa ser feita até 31 de dezembro de 2015. As mudanças foram definidas pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), órgão superior do Sistema Financeiro Nacional.

O PSI é desenvolvido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e tem o objetivo de conceder crédito mais barato para realização de investimentos por parte das empresas.
Conforme nota divulgada pelo Ministério da Fazenda, “a redução não deverá ter impacto negativo relevante sobre o programa, visto a contratação de financiamentos pelo BNDES ter alcançado apenas R$ 6,8 bilhões até o final de setembro de 2015”.

Com a mudança, os novos limites para aquisição de ônibus e caminhões por grandes empresas é de R$ 1,8 bilhão; por micro, pequenas e médias empresas passou para R$ 5 bilhões; o limite para o Procaminhoneiro, agora, é de R$ 151 milhões.

Ainda conforme o Ministério da Fazenda, não há alteração nas taxas de juros aplicadas. Elas se mantêm fixas ao longo do contrato.

Fonte: folhanobre.com.br

Comentários

Deixe uma mensagem







Categorias



Arquivos

Imagem não encontrada